10 nov

www.mettacapitalhumano.com.br

A edição de novembro do informativo Metta Capital Humano mostra que as empresas têm, cada vez mais, apostado na  efetivação de estagiários e na sua qualificação. Um exemplo é a Zero-Defect, empresa de TI especializada em testes e homologação de softwares, que efetiva cerca de 90% do seu quadro de estagiários.

A publicação traz ainda matéria sobre a queda de candidatos a vagas de estágio nesta época do ano e as boas oportunidades que surgem para os estudantes dispostos a começarem a trabalhar no período de férias. Abaixo, a íntegra das matérias.

Aumenta percentual de estagiários efetivados

Foram necessários apenas seis meses para que Guinter Torres Trisch, de 28 anos, passasse de estagiário a funcionário da Zero-Defect, empresa de TI especializada em testes e homologação de softwares. Efetivado em fevereiro deste ano, Trisch tem previsão de se formar como bacharel em sistemas da informação no ano que vem. Para o estudante, a efetivação veio como reconhecimento ao esforço demonstrado durante o período de estágio e ao interesse da organização em reter os bons profissionais. E ele não é o único. Cerca de 90% dos estagiários da empresa se tornam efetivos em um período que varia de seis a nove meses.

Em um mercado muito aquecido, onde a concorrência e o turn over são muito altos, a efetivação de estagiários se apresentou como uma boa solução para a Zero-Defect, conta o diretor da empresa, Rafael Krug. “Em geral, na área de TI, os profissionais são jovens. Esta nova geração possui uma alta expectativa com relação ao aprendizado como forma de evoluírem e não tem paciência para esperar. Então, para termos um bom rendimento em relação aos estagiários, criamos políticas de qualificação, com as quais desenvolvemos o novo profissional da área de testes. Com benefícios durante o estágio e uma exigência maior no recrutamento e seleção, conseguimos estagiários mais qualificados, possibilitando uma efetivação rápida”, explica Krug.

Informativo Metta Capital Humano

Mais chances – De acordo com dados da Metta Capital Humano, o percerntual de estagiários efetivados dobrou do ano passado para cá. Enquanto que em 2010, 10% dos estudantes que ingressaram nas empresas via estágio foram efetivados, em 2011 o percentual passou para 20%. “As empresas têm efetivado logo quando observam que o estagiário tem boa capacidade de aprender e irá se desenvolver rapidamente”, afirma o diretor da Metta, Gustavo Avila.

Ainda de acordo com o executivo, a escassez de mão-de-obra qualificada faz com que o estágio seja visto como um período de treinamento e adaptação. “As empresas analisam se o estagiário se adapta bem à sua cultura e, dentro do possível, já efetivam. Até porque, além de garantir um colaborador já treinado e adaptado, o empregador sabe que os estagiários fazem parte de uma geração “inquieta”, que está sempre atrás de novidades. Se a empresa não efetivar e mostrar perspectivas de crescimento, eles não ficam”, lembra Avila.

Procura por vagas de estágios deve cair pela metade até o final do ano

A partir do mês de setembro, cai o número de cadastros para vagas de estágio. Segundo a responsável pela área de Relacionamento Institucional da Metta Capital Humano, Juliana Baierle, a expectativa é de que a redução chegue a 50% até o final do ano. O número de oportunidades, no entanto, aumenta. Só nos últimos 30 dias, foram abertas cerca de 190 vagas.

Edição de novembro/2011

“As oportunidades são muito boas nessa época do ano, pois no final do segundo semestre começa o planejamento do próximo ano. Com muitos colaboradores saindo em férias ou mesmo se desligando, há um déficit. Assim, as empresas saem em busca de pessoas para suprir essa necessidade e iniciarem o próximo ano com a equipe completa”, explica Juliana.

De acordo com a especialista, as pessoas que desejam entrar o ano inseridas no mercado de trabalho devem aproveitar esse momento. “Esta é a hora de buscar e escolher a melhor oportunidade. São diversas as áreas com vagas em aberto, e a concorrência é bem menor”, avisa. As áreas de planejamento, comercial e marketing são as que apresentam maior aumento de demanda por candidatos nessa época do ano.

A Spindler Comunicação Corporativa assina o conteúdo do informativo Metta Capital Humano e é responsável pela assessoria de imprensa e relacionamento da empresa com a mídia.